31.8.09

Conhecimento custa caro!



Ontem fui à livraria e fiquei extremamente chateada. Há algum tempo que estou interessada no livro "O corpo fala" do Pierre Weil, pois a comunicação não-verbal me chama muita atenção. Pedi à atendente que me informasse o preço do livro, e fiquei indignada... Pasmem, R$ 39,00!! Me recuperei do choque e continuei olhando, encantada, às prateleiras...Quando me deparei com o meu sonho de consumo, a Biografia do cantor/poeta mais completo que tive o prazer de "conhecer", Renato Russo. A capa já era um show, aquele tipo de livro que praticamente implora para ser comprado. Vi outra moça por perto e me arrisquei a perguntar o preço, e lá veio outra facada no coração, R$ 50,00! Depois não sabem por que o brasileiro não lê.
Tudo bem, seriam R$ 90,00 muito bem gastos, isso se eu tivesse esse dinheiro... (caso queiram me presentear, tá ai uma dica! )
E, infelizmente, milhares de pessoas já passaram por uma situação similar ou igual a essa, pelo absurdo que cobram pelo conhecimento.
Li em um blog esses dias que o custo dos livros é tão alto porque entramos em um círculo vicioso, em que as pessoas não lêem porque os livros são caros e os livros são caros porque as pessoas não lêem.
Tenho consciência de que a editora, o escritor e sei lá mais quem precisam do lucro das vendas para continuar com suas profissões, mas você não concorda que se os livros fossem mais acessíveis muito mais pessoas comprariam e o lucro seria maior?! Sem falar que para vender bem, o produto precisa chamar a atenção do consumidor. No entanto, na situação em que estamos não seria melhor economizar nos ''badulaques'' e se preocupar mais com o conteúdo?! Afinal, quantos livros você já comprou por adorar a capa e o nível da história foi abaixo de 0?!
Pois é, enquanto o sistema não muda, continuamos adquirindo livros através de promoções, sebos (diga-se de passagem, são uma boa pedida!), ou esperando que nossos amigos compartilhem conhecimento!

5 comentários:

  1. Depois não sabem o porquê da falta de cultura!
    É como você disse, um ciclo vicioso!
    Seria muito mais lucrativo livros mais baratos, com certeza, mas acho que para isso teriam de despertar o prazer da leitura! Afinal, quantas crianças que você conhece gostam de ler? Essa também é uma (grande) falha dos pais!
    Mas como nosso professor querido sempre diz, o Brasil precisa urgente de uma reforma na educação!
    Esse, infelizmente, é um assunto muito controverso! :T

    ResponderEliminar
  2. Ah siim!! realmente devemos levar em consideração atos que sempre vaum se designinar a fatos compravados pricipalmente pelos nossos conhecimentos gerais.

    By. nando

    ResponderEliminar
  3. 'dry .3.9.09

    'uauu primaa

    non sabia qi tinha un einsten ai dentro di vx
    hasuhasushauash. AMEII

    seriao blog dez

    minha espertinhaaa s2

    .

    ResponderEliminar
  4. Falo tudo sisteer!!!
    É realmente deprimente! pra não dizer um absurdo, essa situação.
    por conta disso muitos deixam de ler e de apreciar obras que verdadeiramente tem um conteúdo útil para trazer! fala sério é o fim, o lucro mais uma vez está a frente do conhecimento.

    ResponderEliminar
  5. concordo bastante com isso, mas confesso, num tenho passado por tanto problema, baixo muita coisa, de livro, música, filme, compro o essencial, rs
    bons dias

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo