9.10.09

Palavras ao vento...



Desde criança uma sonhadora,
Que por vezes esquece de si mesma e dos amigos.


Gosta de sorvete, praia e chocolate,
Mas prefere o namorado quando está com saudade.


Tentou não rimar,
Mas assim as palavras não saíam,
Os sentimentos se escondiam.


Porém, a vontade de escrever foi maior.
Como sempre, colocou-se em primeiro lugar,
Sem saber até que ponto vai chegar.


Sem tudo que gosta ela é só metade,
É céu estrelado, sem estrelas;
É mar bravo, sem ondas;
É luar, sem lua;
É calor, sem Sol;
É o mundo, sem você.


Buscou felicidade,
E encontrou saudade.
Buscou respostas,
E encontrou perguntas.
Buscou luz,
E encontrou escuridão.
Buscou amor,
E encontrou a ti.


Foi criança por acreditar em tudo,
Por não duvidar do mundo,
Por ser quem ela é.
Foi romântica por querer carinho,
Por te ter pertinho,
Por acreditar em promessas.
Foi mulher por tomar decisões,
Por deixar de lado as ilusões,
Por se fortalecer.

11 comentários:

  1. É tão difícil percebermos que apesar de ter amadurecido tanto no fundo não passamos das mesmas pessoas que sempre fomos!
    I'm here for all you need! (L)

    ResponderEliminar
  2. Que poema mais fofo! Parabéns!
    Tem selinho pra vc lah no blog tbm!
    Bjooss

    ResponderEliminar
  3. "Uma criança que as vezes brinca de balanço, uma mulher que as vezes anda de salto alto" *--*

    Obrigada beib por estar seguindo meu blog,
    muuuito obrigada mesmo. :D
    Beijão :*

    ResponderEliminar
  4. Não teria essa capacidade para fazer um poema tão lindo como esse. Cheio de sentidos. beijos

    ResponderEliminar
  5. "Foi criança por acreditar em tudo,
    Por não duvidar do mundo,
    Por ser quem ela é.
    Foi romântica por querer carinho,
    Por te ter pertinho,
    Por acreditar em promessas.
    Foi mulher por tomar decisões,
    Por deixar de lado as ilusões,
    Por se fortalecer."



    ja disse tudo! parabens! *-*

    ResponderEliminar
  6. Oie! Sabe eu não costumo gostar de poesias, mas é que eu estou trabalhando numa coisa que durante anos, que simplismente NÃO QUER DAR CERTO, mas sua poesia está meio que me ajudando... Estranho, neh? Mas, enfim, também vou acompanhar seu blog, então vc vai ter que me aguentar tbm, muahahahahaha :B
    (:D Gostei da quiNta estrofe)

    ResponderEliminar
  7. E eu ainda conservo o jeito meninona...
    por acreditar muito nas pessoas!
    ...
    Gostei do texto!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  8. Muito bonito! Queria saber escrever poemas tão bem assim ;/
    Obrigada pela visita, estou seguindo também.
    Beeijos!

    ResponderEliminar
  9. não tenho palavras *-*

    ResponderEliminar
  10. amanda26.10.09

    lindo demais naty! leva muito jeito viu mulher.. fico muitoo bom! :*

    ResponderEliminar
  11. bacana, de múltiplos sentidos, mas essência triste, não? rs
    bons dias

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo

Sigo, leio e recomendo!