25.4.11

Freedom















Acordei com aquela sensação estranha de estar encurralada.
Encurralada por mim mesma, por meus próprios pensamentos e escolhas.
Sinto-me presa.
Presa dentro das minhas normas, regras e limites.
Quero tanto controlar tudo, que acabo perdendo o controle.


3 comentários:

  1. "Todo mundo quer cuidar de mim, e na verdade o que eu quero é sair." ♪
    Assim diz a canção...

    Ninguém nos conhece tão bem quanto nós mesmos. Não há pessoa no mundo que consiga entender realmente nossos sentimentos e escolhas quanto nosso próprio coração.

    Transformamos, diariamente, nossa vida em uma prisão. Talvez por achar que tudo é tão nosso, acabamos perdendo o controle deste poder, e assim, a liberdade se torna cada vez mais rara...

    Texto breve, mas com uma bagagem pessoal infinita... PARABÉNS, Naty! :)

    ResponderEliminar
  2. O preço de ser controlador é esse,uma decepção enorme com os próprios erros e principalmente um perfeccionismo sem limites.Um controle descontrolado.


    beeijo

    ResponderEliminar
  3. Ninguém consegue controlar tudo o tempo inteiro, é como querer agradar a todos e não contentar-se com si mesmo. Os princípios são assim, as vezes nos sufocam, outrora nos fazem sentir prazer por sermos o que eles nos fazem ser. :)
    Texto sintético, mas que diz muita coisa. Gostei bastante.
    Beijos Nat ;*

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo

Sigo, leio e recomendo!